For A Better Place - Portugal

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Rock In Rio & heavy metal não combinam

Parece-me no mínimo contraditório e paradoxal que um festival e evento musical como o Rock In Rio-Lisboa, que desenvolve um papel social importante, receba certas bandas de heavy metal, já que o Rock In Rio é um festival que apela à Paz no Mundo, e o heavy metal é um género musical que apela à violência, e por vezes até a ideais racistas e xenófobos, já para não falar em extrema-direita.
O mesmo se poderá adequar a certos artistas de Hip-Hop, como Eminem, 50 Cent ou Snoop Doggy Dogg, já que antes de se tornarem artistas, foram marginais e criminosos, muitos têm cadastro e muitos estiveram presos, e responsáveis pela morte de muita gente, nomeadamente aqueles que se dedicaram ao tráfico de droga, como é o caso de 50 Cent. É no mínimo paradoxal que pessoas que tenham vendido droga e que desta forma tenham sido responsáveis pela morte de muitas pessoas e pela infelicidade de muitas mais, num abrir e fechar de olhos sejam aclamadas, admiradas, idolatradas e seguidas por milhões de jovens e crianças em todo o mundo.

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Os cartoons de Maomé

Alguns jornais dimarqueses e noruegueses publicaram uns cartoons do Profeta Maomé, e mundo islâmico não gostou, e insurgiu-se e revoltou-se em força cheios de ira.
É uma questão complexa. De um lado temos o direito à liberdade de expressão por parte dos jornalistas e por outro temos a religião, os símbolos e valores dos povos islâmicos.
Tudo bem que o direito à liberdade de expressão é um direito que assiste a qualquer pessoa, nomeadamente em países democráticos, mas também não convém abusar desse mesmo direito, sobretudo quando se brinca com questões como a religião, muito menos com religiões como o Islamismo e os seus povos.

Legalização de porte de arma em Itália

Na sequência da vaga de violência que aconteceu em Itália, o Governo italiano, liderado por Sílvio Berlusconni, legalizou recentemente o porte de arma para utilização em caso de legítima defesa.
A medida tem sido condenada e reprovada por diversas entidades e instituições por todo o mundo, e por qualquer pessoa consciente.
Nunca ninguém pode esquecer que violência só traz ou só atrai violência. Se alguém, cuja a vida corre perigo, apontar uma arma a um criminoso, seja ele assaltante ou homícida, das duas uma: ou o criminoso puxa de uma arma com mais eficazmente e dispara primeiro, ou a vítima tem a sorte de disparar primeiro, e torna-se, também ela, num criminoso.
O objectivo dos governos, das instituições não-governamentais e das diversas entidades no mundo, é a Paz, e não a violência.
Não vamos fazer do mundo um far-west.

Hoje nasceu Bob Marley

Hoje, um pouco por todo o mundo, e sobretudo na Jamaica, comemora-se o nascimento de um "Rei" chamado Bob Marley, Rei do Reggae. Bob Marley nasceu a 6 de Fevereiro de 1945.
É um dia muito especial para todo o mundo reggae.
Viva Bob Marley!

terça-feira, janeiro 03, 2006

Votos de um óptimo 2006 - Happy New Year

Para que o ano de 2006 seja melhor que 2005 é essencial que cada pessoa contribua para que isso aconteça.
Faça um sorriso a cada pessoa com quem se cruza na rua; ajude qualquer pessoa que precise de ajuda na rua, sobretudo os mais necessitados, como idosos, doentes ou deficientes; seja educado e civilizado; respeite toda e qualquer pessoa.
Um óptimo 2006, com muita saúde e felicidade, paz e amor.

terça-feira, dezembro 13, 2005

Bob Gueldof premiado em Portugal

O músico activista irlandês Bob Gueldof, organizador do Live Aid e Live 8, voltou a Portugal depois dos MTV Europe Music Awards Lisboa 2005 para receber um prémio das mãos do Presidente da Assembleia da Républica, Dr. Jaime Gama, pelo seu activismo em prol de causas humanitárias.

Postais de natal solidários - Solidarity Christmas postcards

Este Natal, envie postais às pessoas de quem mais gosta e ajude as que mais precisam. Envie postais de natal à família, amigos e colegas de trabalho, e ajude os mais necessitados e carenciados, nomeadamente as crianças.
Por isso, compre os postais de natal da UNICEF ou da Cruz Vermelha Portuguesa, cujos lucros revertem a favor dessas instituições.

terça-feira, dezembro 06, 2005

Vaticano exclui Daniela Mercury do seu Concerto de Natal

A cantora baiana Daniela Mercury tinha sido convidada pelo Vaticano para actuar no seu habitual Concerto de Natal, que conta com a participação de inúmeros artistas de todo o mundo.
O Brasil é o país do mundo com maior número de católicos e Daniela Mercury seria a única artista a representar o Brasil.
O convite foi feito há cinco meses atrás, e agora, no início do mês de Dezembro, o Vaticano excluíu Daniela Mercury do concerto. A justificação do Vaticano é que Daniela Mercury fez uma campanha publicitária no Brasil a favor do uso do preservativo.
Daniela disse que, quando foi convidada pelo Vaticano, não lhe perguntaram sequer qual a sua religião, e muito menos o que é que defendia ou se tinha participado nalguma campanha a favor do que fosse. Daniela disse também que não iria fazer nenhuma declaração no concerto a favor do uso do preservativo ou contra o Vaticano, mas que apenas iria actuar.

O Fiel Jardineiro - The Constant Gardener: The Movie

O filme "O Fiel Jardineiro" (The Constant Gardener) é uma mistura explosiva que só poderia dar certa. Baseado no romance best-seller de John Le Carré, do realizador brasileiro Fernando Meirelles (Cidade de Deus), com o actor Ralph Fiennes (Paciente Inglês, A Lista de Schindler, Dragão Vermelho) como protagonista.
O filme passa-se nos dias de hoje, tem como cenário Londres e uma região africana devastada pela fome, pela SIDA e pela tuberculose, e tem como fio condutor todo o processo de envio de medicamentos contra a SIDA e contra a tuberculose para as populações dessa região africana.
O filme mostra como é que funcionam os governos, as ONG's e as agências humanitárias em cenários como as regiões africanas devastadas pela guerra, pela fome ou pela SIDA.
Contudo o filme vem levantar questões, dúvidas e suspeitas sobre o bom funcionamento e a transparência dessas entidades e das suas acções nesses cenários, em que existem conflitos de interesses.
O filme conta a história de Justin Quayle (Ralph Fiennes), do Alto-Comissariado britânico e professor universitário de Relações Internacionais, que se apaixona e casa com uma aluna, Tessa Quayle, que é uma humanitária activista dos direitos humanos e da justiça e igualdade entre povos. Tessa descobre que o processo de envio de medicamentos contra a SIDA para uma região afriacana não está a ser transparente e envolve-se demasiado para pressionar e até denunciar as entidades envolvidas, e acaba por ser assassinada. Justin, que sempre foi calmo e discreto, e que nunca se envolveu no activismo e nas causas da mulher, vai tentar descobrir o que se encontra por detrás do seu assassinato. Contudo, ao perceber que a teia de pessoas envolvidas é imensa e muito poderosa, que será impossível descobrir quem deu a ordem para matar a mulher, e que o mais certo é ser também ele assassinado antes disso, Justin acaba por desanimar, perder a esperança e as forças. Mas justiça há-de ser feita.
O filme é a confirmação da genialidade de Fernando Meirelles e da grandiosidade do actor Ralph Fiennes.
Um filme como este tem tanta ou mais importância do que um evento como o programa de Oprah Winfrey na África do Sul ou o Live 8 no sentido de sensibilizar os cidadãos para os problemas da sociedade mundial e no sentido de os mobilizar para serem cidadãos preocupados, interessados e activos no que toca a questões humanitárias.

quarta-feira, novembro 30, 2005

Mariza: A nova Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF

A fadista portuguesa Mariza foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para Infância).
A escolha de Mariza deve-se ao facto de ser "uma personalidade genuinamente solidária e ter já participado em acções de solidariedade como o concerto Live 8 que aconteceu este ano no Reino Unido", explicou à agência Lusa Helena Gubernatis, da UNICEF.
Na área da infância, Mariza tinha sido nomeada, no ano passado, embaixadora da Fundação Hans Christian Andersen, por ocasião das celebrações do bicentenário do nascimento do escritor dinamarquês.

quarta-feira, outubro 19, 2005

Lançamento do Rock In Rio-Lisboa 2006


Foi ontem o lançamento oficial do Rock In Rio-Lisboa 2006, o maior festival e evento musical do mundo, que regressa a Lisboa entre o final de Maio e o início de Junho de 2006. O lançamento oficial teve uma festa no Convento do Beato, com as presenças dos actores brasileiros Raul Cortez e Thiago Lacerda, da cantora baiana Ivete Sangalo, que aliás foi a primeiro nome confirmado para o Rock In Rio-Lisboa 2004 e também para o de 2006, e que contou com uma actuação ao vivo da banda mineira Jota Quest, que também já confirmaram a sua presença no festival em 2006, assim como os portugueses Xutos & Pontapés.
O Rock In Rio-Lisboa 2006 terá um espaço Kids e uma pista de neve verdadeira. O resto do cartaz será apresentado em Dezembro, e haverá surpresas. A campanha do projecto social arranca em Janeiro e a venda de bilhetes em Fevereiro.
Os organizadores pretendem regressar a Lisboa em 2008 ou 2009, e em 2007 pretendem levar o Rock In Rio até Sydney, Austrália.